Olá, posso ajudar?

Blog

O Treinamento de Brigada de Incêndio

Treinamento de Brigada de Incêndio NR 23 – O que é, qual sua importância e como fazer o treinamento dos meus funcionários

A importância da Brigada de Incêndio e a NR 23

Em momentos de pânico o instinto tem muita influência sobre nossas ações, atitudes e pensamentos. Tudo o que importa é sairmos bem da situação o mais rápido possível.

Incêndios normalmente são uma das principais situações em que, pessoas que não tem treinamento, nunca passaram por momentos assim ou até mesmo não sabem para onde ir acabam se acidentando ou até mesmo vindo a falecer por conta desses incidentes, seja por conta da fumaça tóxica, do próprio fogo ou de outras causas durante o incidente.

Ter pessoas na sua empresa com treinamento, preparação e rapidez para fuga ou utilização dos equipamentos de incêndio necessários pode ser o diferencial mais importante para situações de perigo envolvendo o controle das chamas. Para isso é necessária uma Brigada de Incêndio para seu condomínio ou empresa que age de acordo com a NR 23.

O que é a Brigada de Incêndio?

A Brigada de Incêndio é um grupo — voluntário ou não — de pessoas preparadas para se orientar e auxiliar os demais para agir nessas situações de perigo, algumas outras funções dos “Brigadistas” como são chamados, incluem algumas delas:

• Aplicar medidas de primeiros socorros aprendidos durante as aulas;
• Guiar as pessoas no local para longe dos pontos de risco do local;
• Disparar o alarme de incêndio assim que for constatado um;
• Verificação de extintores e saídas de emergência;

Estas pessoas devem ser os alicerces e os orientadores durante situações, por isso proatividade, agilidade e capacidade de raciocínio rápido são fundamentais para ingressar na Brigada de Incêndio.

A Norma Reguladora 23 — NR 23 — de Proteção e Combate a Incêndios auxilia os Brigadistas definindo medidas a serem tomadas por empresas para prevenir tais situações com base em diretrizes estabelecidas pelo Corpo de Bombeiros referente a cada estado.

Dentro da Brigada de Incêndio Existem 4 funções distintas:

•O coordenador Geral → É a palavra máxima neste quesito, é ele que organiza as equipes, dá as orientações e está a frente da ação. Nesta função é priorizada aqueles que tem caráter de liderança e boa gestão de pessoas.
• O chefe → É a segunda pessoa no comando, o “braço direito” do Coordenador Geral.
• Líder de setor → É o responsável por coordenar uma pequena equipe num setor específico.
• Brigadistas → São os voluntários que auxiliam nas atividades.

Quem ministra um Treinamento de Brigada de Incêndio?

Não é qualquer um que pode ministrar esse tipo de treinamento, então caso alguém sem as devidas comprovações se apresente para fornecer esse serviço recuse imediatamente.

Apenas profissionais especializados em áreas de higiene, segurança e medicina podem prover tais treinamentos com eficiência. É necessário também que sejam cadastrados no Ministério do Trabalho e terem terminado sua certificação, afirmando que podem ministrar cursos desse tipo. Caso seu estabelecimento seja considerado um ambiente de alto risco é necessário profissionais formados em Engenharia de Segurança do Trabalho acompanhado de cursos de primeiros socorros e combate a incêndios como extra.

Depois do curso aplicado os brigadistas formados recebem um certificado individual atestando indicando estarem aptos a agirem imediatamente.

Qual o tempo necessário para finalizar o Treinamento de Brigada de Incêndio?

Dependendo do nível de risco da edificação os brigadistas recebem treinamentos específicos, sendo estabelecidos por:

Básico: Tem duração mínima de 4 horas e é específico para empresas pequenas e de baixo risco.
Intermediário: Duração mínima de 8 horas. Ao contrário do básico, ele já é feito em um campo especializado de atividades, por atuar com edificações com índices mais altos de perigo.
Avançado: Possuindo duração mínima de 24 horas este é o curso mais completo e destinado a áreas de alto risco a se oferecer.

Vale lembrar também que não é qualquer pessoa que pode se tornar um brigadista, os requisitos mínimos para se tornar um incluem:

– Ser maior de 18 anos;
– Alfabetizado;
– Ter boa condição física;
– Conhecer bem as instalações da empresa;

Considerações Finais

O treinamento de Brigadista é uma ótima forma de proteger seus colaboradores e a sua empresa dos desastres que o fogo pode causar, sendo um documento necessário para obtenção da AVCB os brigadistas se tornam mais uma arma para ser usada contra os incêndios. Um último ponto a ressaltar é que, de nada adianta ter todos os documentos em ordem se o treinamento não é refinado pelos colaboradores.

Compartilhe nosso conteúdo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Posts Recentes:

O que é o Certificado de Segurança (AVS)? Segurança sempre foi uma questão de ponto

A Sudaseg ficou algumas semanas sem colocar conteúdo nas Redes Sociais apenas para voltar com

Em 2019 a Lello Condomínios realizou uma pesquisa com cerca de 2 mil condomínios na